• Portal Realeza

Racismo: Agente de combate a dengue aciona polícia para mulher que o chamou de macaco


MANHUAÇU (MG) - Nesta quarta-feira, 24/01, durante a realização de uma vistoria em um imóvel localizado no bairro Santa Luzia, um agente de combate a dengue disse que foi vítima de um ato de injúria racial praticado por uma moradora.

De acordo com o relato do agente, ele chegou à residência, cumprimentou a moradora, se identificou e pediu para fazer a visita na casa, mas no momento que a chamou de senhora, a moradora com um tom ríspido, disse para não chamá-la de “senhora” e ainda perguntou o que ele iria fazer na casa dela.

Ainda segundo ele, sem intenção de provocar, mas por educação dirigiu-se para mulher dizendo: “senhora, vou olhar a caixa d’água, os ralinhos…” e antes que ele completasse, a mulher se exaltou ainda mais e começou a xingá-lo e proferir palavras obscenas e a chamá-lo de “macaco do ”.

Outra agente que estava numa residência ao lado, disse que não ouviu o que a mulher disse, mas viu que ela estava nervosa e gritava muito dentro da casa e quando saiu pra rua se deparou com o colega de trabalho aos prantos. Diante da situação, ele saiu do local e acionou a Polícia Militar.

Em conversa com a moradora, ela relatou à PM que, tempos atrás, teve um desentendimento parecido com o agente e agora achou um abuso por parte dele, pois entendeu que a estava provocando. Ela disse que o xingou, contudo, por descontrole emocional, proferindo a ofensa chamando o de “macaco”.

A mulher foi conduzida por injúria racial e juntamente com a vítima foram encaminhados à delegacia.

O Delegado de Policia Civil, Dr. José Geraldo Junior, autuou a jovem e estipulou fiança no valor de mil reais. Foi instaurado inquérito policial.


Fonte: Portal Caparaó / Jailton Pereira

#Crime #racismo #AgentedeEndemias #Manhuaçu

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Deixe o e-mail e receba as atualizações:

Todos os Direitos Reservados - Portal Realeza - 2017 - 2019

CPF: 116.672.106-02 

Rua Monte Verde, 01 - Distrito de Realeza - MG