• Portal Realeza

Associação Brasileira de Caminhoneiros diz que grupos políticos bloqueiam caminhões



O presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros (ABCam), José da Fonseca Lopes, afirmou em coletiva de imprensa na noite dessa segunda-feira (28) que os caminhoneiros não estão mais em greve e que a paralisação nas rodovias é mantida por grupos políticos. "Vou fazer uma denúncia bastante séria: não é o caminhoneiro mais que está fazendo greve. Tem um grupo muito forte de intervencionistas nisso aí, eu vi isso agora em Brasília na parte da manhã. Eles estão prendendo caminhão em tudo quanto é lugar. São pessoas que querem derrubar o governo. Eu não tenho nada a ver com essas pessoas e nem nossos caminhoneiros autônomos têm, mas eles estão sendo usados para isso", afirmou.

De acordo com Lopes, cerca de 250 mil caminhões são mantidos em pontos de paralisação em diversas regiões do país, como Bahia, Pernambuco e São Paulo. O número representa cerca de 30% do total que ficou parado ao longo dos dias da greve que começou no último dia 21.

Para a ABCam, quem mantém a paralisação não fala em nome da entidade. "Estão usando o caminhoneiro como bode expiatório. Nossa missão foi cumprida, 60% do país está sem movimento algum", garantiu. Lopes ainda afirmou que os caminhoneiros que permanecem em pontos obstruídos "estão sendo ameaçados de forma violenta. Não mostram arma, mas levantam a camisa".

Fonte: Agência Brasil

#greve #caminhão

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Deixe o e-mail e receba as atualizações:

Todos os Direitos Reservados - Portal Realeza - 2017 - 2019

CPF: 116.672.106-02 

Rua Monte Verde, 01 - Distrito de Realeza - MG