• Portal Realeza

Sorteados do Minha Casa Minha Vida devem comparecer ao CRAS em Manhuaçu



Obedecendo alguns critérios considerados relevantes pela Caixa Econômica Federal, a partir desta segunda-feira, 15, os beneficiários do Programa Minha Casa, Minha Vida que foram sorteados em fevereiro e até agora não entregaram a documentação a fim de legalizar, bem como os excedentes devem ficar atentos.

Eles terão até o dia 31 de outubro para comparecerem junto ao CRAS, para formalizar o dossiê, para o devido encaminhamento de todos os documentos exigidos.

Muitos que foram sorteados até agora não tiveram a preocupação para encaminhar os documentos do Titular e dependentes. De acordo com a secretária de Trabalho e Desenvolvimento Social, Giuzaina Celeste Gregório, após o prazo estabelecido, os beneficiários que não formalizarem seus dossiês com a documentação necessária poderão ter seu processo indeferido. “Os convocados foram contemplados no sorteio no início deste ano para as 288 unidades habitacionais do Residencial Clube do Sol. É importante que eles fiquem atentos ao prazo porque, após esse período, eles poderão ser considerados como desistentes “, disse Giuzaina Gregório. A prefeitura está trabalhando para que com essa documentação regularizada, as unidades habitacionais sejam entregues nos primeiros meses de 2019.

A coordenadora do Cadastro Único da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social, Caroline Baracky explica que o recebimento da documentação vem acontecendo desde o início, porém, algumas famílias não se preocuparam para regularizar a situação. Ela lembra também que se faz necessários que os excedentes tragam a documentação, para que seja enviada à Caixa Econômica Federal que determinou o prazo até o dia 31 de outubro. “Aquelas famílias que não trouxeram a documentação serão consideradas como desistentes e, não participarão do Programa Minha Casa, Minha Vida”, frisa Caroline Baracky.

O agente técnico Moacir Júnior chama a atenção para o período que foi colocado à disposição para os beneficiários comparecerem. Devem apresentar o documento de Identidade do (a) beneficiário (a) e do (a) esposo (a) ou companheiro (a); CPF do (a) beneficiário (a) e do (a) esposo (a) ou companheiro (a); Prova de estado Civil: Certidão de nascimento, Certidão de casamento, Certidão de casamento com averbação da separação, Certidão de óbito do cônjuge ou Declaração de União Estável; Comprovante de residência atual; Atestado ou laudo médico que comprove a deficiência alegada e que contenha a espécie, o grau ou o nível de deficiência e a CID, quando deficiente.

Os candidatos sorteados estão pré-habilitados para receber o benefício relativo à aquisição de sua unidade habitacional, porém ficará sob dependência da avaliação final e aprovação da Caixa Econômica Federal. Para dirimir quaisquer dúvidas, os interessados poderão dirigir-se ao CRAS, no horário de 9h às 11h e de 13h às 16h, de segunda a sexta-feira, de 15 a 31 de outubro.

Confira a lista com os nomes dos sorteados e excedentes em www.manhuacu.mg.gov.br ou no CRAS. https://goo.gl/VDExfu

Eduardo Satil – Tribuna do Leste


  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Deixe o e-mail e receba as atualizações:

Todos os Direitos Reservados - Portal Realeza - 2017 - 2019

CPF: 116.672.106-02 

Rua Monte Verde, 01 - Distrito de Realeza - MG