• Portal Realeza

Foragido da Justiça é preso em Realeza com arma, munição e drogas


CARATINGA E REALEZA (MG) - Após informações recebidas e repassadas pelo Centro de Operações da Polícia Militar de Caratinga a uma equipe da Polícia Militar de Realeza, Márcio Martins Ferreira Maia foi preso quando viajava em um ônibus que fazia a linha Caratinga / Rio de Janeiro. A ocorrência foi na noite desta segunda-feira, 04/06.

Quando o veículo parou em Realeza, o homem – que é foragido da Justiça e é suspeito de ter envolvimento em um homicídio, em Caratinga horas antes – e nada anormal foi encontrado. Entretanto, ao vistoriar os pertences dele, a PM localizou um revólver, oito cartuchos calibre 38, sacolas usadas para embalar entorpecentes, seis bombinhas, quatro tabletes de maconha e dois aparelhos celulares.

Em consulta ao sistema informatizado, os militares confirmaram que havia mandado de prisão em desfavor de Márcio. Foi pesquisada também a procedência da arma apreendida e, segundo informações do COPOM, ela teria sido furtada de um sargento da Polícia Militar.

Ao questionar o envolvimento no crime de homicídio, Márcio confirmou que queria se vingar já que estava sendo “jurado de morte”. Ele alegou ainda que a arma era para se “proteger do movimento que ele fazia”.

O homem foi preso e conduzido para a Delegacia de Polícia Civil.

HOMÍCIDIO

O homicídio desta segunda-feira em Caratinga foi cometido por indivíduos num veículo de cor prata. Os homens se aproximaram e, de dentro do carro, atiraram em Paulo Lucas Duarte Filho, 21 anos. O rapaz foi socorrido, mas morreu.

A testemunha, atual companheira de Paulo, apontou o ex-companheiro dela como o motorista do carro, Jeferson Dutra Cabral.

O motivo seria justamente o fim do primeiro relacionamento. Antes, Jeferson já havia tentado contra a vida de Paulo.

A denúncia foi justamente de que Márcio Martins, que é suspeito de ter feito os disparos, havia fugido com Jeferson em um ônibus para o Rio de Janeiro. O que motivou a interceptação em Realeza.

O outro suspeito não foi localizado ainda.

HISTÓRICO

No mês de maio deste ano, no bairro Dr Eduardo, em Caratinga, Márcio, que é conhecido como “Marcinho Fumaça”, foi identificado como o suspeito de envolvimento em uma ocorrência de disparos de arma de fogo em via pública. Um homem que trabalhava em uma obra nas imediações acabou sendo vítima da ação criminosa, ao ser atingido por um tiro de raspão.

A motivação dos disparos seria por conta de uma rixa entre alguns indivíduos do bairro e ‘Marcinho Fumaça’. Na época, a polícia já apontava Márcio como um criminoso perigo.

Em agosto de 2017, ocorreu um assassinato dentro de uma casa, também no bairro Doutor Eduardo. Ismael Machado Cândido, de 28 anos, que tinha o apelido “Mael”, foi morto com dois tiros à queima roupa ao tentar defender o irmão, Irimar Machado Silva, de 35 anos, conhecido por “Mantena”.

Um dos disparos acertou a cabeça da vítima. Marcelo Pires do Nascimento, de 35 anos, o “Marcelo Capacete”, e Márcio, o “Fumaça”, foram apontados no boletim de ocorrência como suspeitos de participarem do assassinato de Ismael e os dois foram considerados foragidos, desde então.

Redação do Portal Caparaó

#pmmg #homicídio

  • Instagram ícone social
  • Facebook ícone social

Deixe o e-mail e receba as atualizações:

Todos os Direitos Reservados - Portal Realeza - 2017 - 2019

CPF: 116.672.106-02 

Rua Monte Verde, 01 - Distrito de Realeza - MG